«

Metro de Tomberg


As paredes do corredor da entrada da estação de metro de Tomberg, em Bruxelas, foram valorizadas com placas com acabamento vidrado, duplo esponjado e pintura manual da Viúva Lamego, fornecidas em 1998 e posteriormente em 2013 para as obras de ampliação da estação.

O projeto foi desenvolvido pelos arquitetos Guy Rombouts e Monica Droste, cujo tema é um alfabeto original em que cada letra é representada por uma linha e uma cor. O jogo de palavras e onomatopeias utilizadas assumem a forma de plantas, animais ou pessoas.